quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Solidão


Como dizia o poeta
Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão
Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ter nada, não

4 comentários:

†YaGo-SaN† disse...

"Eu francamente já não quero mais saber"
concordo plenamente com essa frase!
abraços!

http://wallnosekai.blogspot.com/

Igor Pinheiro disse...

"Eu francamente já não quero mais saber"
concordo plenamente com essa frase!
[2]

Muito legal o texto...

http://tvecine.blogspot.com

nane-chan disse...

"Eu francamente já não quero mais saber"
concordo plenamente com essa frase!
[3]

Além disso, nós não podemos de modo algum nos entregar ao medo de viver, pois mesmo com experiências ruins aprenderemos e somente assim poderemos distiguir o certo do errado :D e formar nossas concepções empiricas.

corestorm disse...

ae vitão
abriu o coração
eita menino bão
falou e disse,
solidão, não!

Postar um comentário