domingo, 27 de junho de 2010

...Mas não diga nada
Que me viu chorando
E pr'os da pesada
Diz que eu vou levando...

Vê como é que anda
Aquela vida à tôa
E se puder me manda
Uma notícia boa...

6 comentários:

Vc curte rock? disse...

Rimou bem velho! O poema foi curtinho e direto.
Gostei

Sandro Batista disse...

Cara, que versos são esses??? isso parece um samba daqueles de raiz, puro talento e cadência.
Ainda vou além, imagino Maria Rita em dueto com Arlindo Cruz cantando esses versos!

perfeito!
http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Gabriel disse...

Se essa for a "merda" que se passa pela sua cabeça, então quando for o "bom" me avisa, porque desse eu já gostei.

Me lembrou um pouco versos de blues,
Abraço.

Macaco Pipi disse...

bela cagada!!!!

Bruno Matos disse...

seguindo..

segui o meu

www.baixelivro.com

Bruno disse...

Semples e objetivo. Mandou o recado com beleza e pediu o que queria.
Valeu!

Postar um comentário