terça-feira, 11 de janeiro de 2011

A saga




Alguns não sabem, mas eu tenho um MARAVILHOSO filhote, que tem 7 meses, por não morar junto com ele e morarmos em cidades diferentes (embora perto de onde eu moro) fica difícil uma vivencia diária com ele. A uns dias atrás a excelentíssima mamãe dele me pede o seguinte “Tem como você ir buscar ele (meu filho) e a Livia (irmãzinha dele) todo dia na e levar pra minha casa??” eu como um pai babão e coruja que sou topei na hora e.... eis que onte foi o primeiro dia da minha saga de 1 mês indo buscar eles.

First Day – 10/01/2011

15:30 - Saio do apto e vou rumo ao ponto de ônibus
16:50 – Chego na creche aonde as crianças estão e todo mundo me olhando como se eu fosse um alien.
16:51 – Vejo meu Pililico e vou em direção a ele, me apresento à professora dele, cujo esta com ele no colo e ela prontamente tenta dar ele pra eu pegar, ele parecendo um coala se agarra na professora com total resistência a vir ao meu colo
16:52 – Desisto de pega-lo no colo e vou procurar a Lívia
16:53 – Obrigatoriamente ele vem ao meu colo, abrindo um berreiro gigantesco,
16:54 - Coloco ele no carrinho, o berreiro fica maior ainda, resolvo tentar sair da creche
16:55 – Parado em frente a creche começando a entrar em desespero pois o moleque não para de chorar
17:00 – Parado na esquina em frente a creche, DESESPERADO porque o moleque ainda não parou de chorar
17:01 – Ligo para a mãe dele desesperado, falando: “PQP QUE MERDA QUE EU FAÇO PRA ELE CALAR A BOCA??” ela pergunta aonde estou, digo que estou a nem 20 metros da creche e ela desaba na gargalhada e fala “é assim todo dia”, puto da vida desligo o telefone na cara dela.
17:05 – Depois de muito choro ele para por exaustão
17:06 – Ele resolve VOLTARRR a chorar
17:08 – Uffaa ele parou
17:15 – Com muita perseverança cheguei na casa da Dani, e com ele chorando ainda.
17:16 – Entrei correndo na casa dela, um pouco mais desesperado procurando a papinha congelada que ela deixou pra ele
17:17 – Ele ainda ta chorando, troco a fralda dele.
17:20 – Descongelei a papinha, vi se tava muito quente, tudo ok, tento dar a primeira colherada, ele come, mas continua a esgoelar
17:25 – Luta acirrada, ele continua a chorar (eita pulmãozinho da porra) e não engole a papinha
17:27 – Chega a bisavó dele (que mora na casa da frente) quase tão desesperada quanto eu pra tentar me ajudar.
17:30 – Ela desistiu e entregou ele pra mim com uma cara de “toma que o filho é seu” e ele continua a chorar.
17:31 – Ainda to tentando dar a papinha, ele ainda continua a chorar, só que agora ele começa a brincar de caminhãozinho quando coloco a papinha na boca dele sujando tudo minha camiseta(mãããeeee a camiseta te espera rs)
17:33 – Desisti da papinha, vou fazer leite com toddy pra ver se ele toma
17:34 – Desesperado com ele no colo chorando, a Lívia olhando pra mim com uma cara de “Tio Vic, faz o tato parar de chorar”
17:35 – Tento dar leite pra ele, ele começa a cuspir, não querendo o leite
17:40 – ainda numa luta acirrada para fazer ele parar de chorar e descobrir o que ele quer comer, eis que surge uma pessoa no qual eu solto um sonoro “MINHA SALVAÇÃO CHEGOU” era a tia Alice, madrinha da Lívia, que mora na casa da bisa, num ato de heroísmo ela pega o Pedro do meu colo e quase que instantaneamente ele cala a boca, e o choro para, ela pega a mesma papinha que lutei para dar e da pra ele, ele come tudinho.
17:50 – embora criança não tenha consciência mas ele num gesto irônico estica os bracinhos pra vir pro meu colo
18:10 – To sentado no chão brincando com ele e com a Lívia com tampas de panela
18:15 – A vovó chegou, ele escuta a voz dela e eis que ele abre o berreiro novamente
18:16 – A vovó com ele no colo, da 3 palmadinha na bunda dele e eis que ele dorme
18:17 – A Lívia com ciúmes, vem e pula no meu colo e ai de quem se metesse a besta de tirar ela de lá hahaha
18:40 – Final do primeiro dia de Pai babá, estou indo pra casa =D

2 comentários:

Camila disse...

HAHAHAHA, éé isso aee grande papai.. pode iir se acostumando.. :D

Déda disse...

q assim seja e q venha mts e mts dias não iguais a esse rsrsrs mas melhores e marcantes como esse q ser pai é singular na tua vida e ninguem vai ter a emoção de se ver crescendo no pequeno ser.....só VC.PARABENS Amei

Postar um comentário