quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A saga - Segundo dia














15:30 - Saio do apto e vou rumo ao ponto de ônibus
16:20 – Ainda to esperando a porra do ônibus que não aparece e com o cu na mão de não chegar a tempo na creche
16:25 – Até que fim a merda do busão chegou
16:45 – O busão ta mais lerdo do que corrida de lesma, ta parando até pra galinha na beira da estrada que levantou o rabo(pisaaaaa motorista).
17:05 – até que fim cheguei na creche, hora de preparar os ouvidos para o berreiro
17:06 – vou na sala do Pedro e inacreditavelmente ele abre um sorrisão pra mim e estende os bracinhos pra vir pro meu colo, pego ele rapidinho devolvo pra professora e vou buscar a Livinha na sala dela
17:07 – hora de buscar o Pedro na sala e já preparado psicologicamente para o berreiro, entro na sala e ele esta no carrinho feliz e contente, mas a professora tava ao lado, resolvo antes de tudo dar pra ele brincar um Mickey que uma tia minha comprou de presente pra ele
17:10 – já estou a 3 quarteirões da creche e ele por incrível que pareça NÃO DEU UM PIU
17:15 – chego na casa da vó da Dani e ele até agora não deu um pio (será que hoje é meu dia de sorte?)
17:16 – a Bisa me fala que não deixaram a chave da casa da Dani ali com ele, FODEEEUUU
17:17 – Eu: DDDDaaanniiii, não deixaram a chave da sua casa aqui na casa da bisa
Dani: Ai fudeuuuu, vou ligar pra minha mãe já te ligo
17:18 – resolvo tentar dar banana amassada pra ele, já que provavelmente ele já já irá berrar de fome
17:19 – Dani: Viii a chave ta em tal lugar
Eu: Tabom
A chave não ta no tal lugar ¬¬”
17:20 – MILLLLAAAGGRREEEE ele ta comendo e sou eu que estou dando, ele ta no colo da Bisa e eu to dando papinha uuuhhhuu, me supero a cada dia eebbaaa
17:22 – pobre ilusão, a Bisa resolveu colocar ele no carrinho, eis que ele começa a chorar :(
17:25 – já começando a entrar em desespero a Bisa acha a gloriosa chave, vou como um tiro para a casa da Dani, ele continua a chorar
17:28 – papinha esquentada, tudo bonitinho, vamos pra guerra
17:29 – ele não quer saber de comer, coloco na boca dele ele cospe, a Bisa já ta ficando mais desesperada do que eu no dia anterior com o choro dele
17:32 – ela resolve deixar eu me ferrar sozinho e vai fazer as coisas que tinha que fazer e eu continuo na luta da papinha
17:35 – IIIHHHUUUUUU ELE PAROU E CHORAR E TA COMENDO EEEEBBBAAAAAAAA
17:40 – ele ta comendo tudo bonitinho
17:43 – eis que a Bisa resolve vim ver se esta tudo certo e eis que ele abre o berreiro novamente ¬¬”
17:45 – ela achando que ta na mesma que continuo me ferrando volta a seus afazeres
17:46 – ele cala a boca
17:50 – GAROTO LINDDUUUU PAPOU TUDINHO
17:52 – hora de pura tensão, trocar a fralda, e eis que ele começa a chorar de novo (eu vou pirar já já)
17:55 – depois de alguns minutos de luta e suor frio, fralda colocada e ele ainda continua a chorar, resolvo pegar ele no colo e começo a conversar com ele
18:00 – o moleque ta quieto demais, será que morreu sufocado? Ajeito ele no meu colo pra ver o rostinho dele, ver se esta tudo bem, EEELLLLEEE DUUURRRMMMMIIIIUUUUUUUUUUU IIIIHHHHHUUUUUUUUUU
18:05 – fiquei um pouquinho mais com ele com colo hehe, vou colocá-lo no berço
18:10 – ele já ta no berço e até agora nenhum pio, UUFFAAA
18:40 – mais um dia de Pai babá concluído, vamo simbóra

2 comentários:

Déda disse...

Te disse q ia melhorar rsrsrs ja ta ficando bomm nisso rsrsrsrss e to gostando de ver :)

Anônimo disse...

kkkk..so vc mesmo p descrever assim..adorei!!

Postar um comentário